Muito além
do Facebook:
como acertar
na estratégia de
Marketing Digital

Muito além do Facebook: como acertar na estratégia de Marketing Digital

Bem sabemos que o Facebook é um excelente canal de marketing na internet, tanto para empresas que desejam apenas se relacionar com clientes, quanto para aquelas que enxergam a possibilidade de ir além e gerar oportunidades comerciais por meio da ferramenta de anúncios. Porém, para construir efetivamente uma estratégia de Marketing Digital robusta e acelerar os resultados do seu negócio, é preciso ir além.
Neste artigo, vamos falar justamente sobre isso, os canais nos quais você deve apostar para começar a ampliar a sua estratégia, indo além da simples interação nas redes sociais. E isso não é motivo para pausar as suas ações no Facebook. Pelo contrário, ele continua uma excelente ferramenta de marketing!

Funil de Marketing e Canais de Marketing Digital

Para muitas empresas, o Facebook foi o ponto de partida para uma estratégia de Marketing Digital. Não é por acaso, além de ser a rede social mais popular entre os brasileiros, ela também possui recursos bastante interessantes de publicidade, como a ferramenta de anúncios e seus diversos formatos disponíveis.

Não se pode negar, entretanto, que focar as ações de divulgação de uma empresa em um único canal possa acabar limitando os resultados significativamente. Isso tem acontecido particularmente quando o Facebook realiza alguma nova atualização nos algoritmos para tornar a plataforma mais agradável aos usuários, como temos acompanhado nos últimos anos.

Mas, antes de começar a diversificar suas ações, é preciso olhar para o funil de marketing e perceber como diferentes canais podem ser combinados durante toda a jornada do consumidor ao se relacionar com a sua marca. Para entender melhor, veja a ilustração abaixo:

 

Como vemos nesta imagem, o Facebook pode ser um canal de marketing efetivo ao longo de quase todo funil, com a utilização de páginas para atrair visitantes e anúncios de formulários para captar cadastros, por exemplo. Mas, para conseguir abastecer o funil com maior volume de leads e garantir maior conversão, sua empresa ganha ao apostar em outros recursos como site e landing pages.

Além do Facebook: quais canais considerar em sua estratégia de Marketing Digital?

Mas, se o Facebook  não é a única resposta, quais são os principais caminhos a serem seguidos em uma estratégia de marketing digital? Abaixo, separamos os mais comuns para empresas que atuam no mercado com foco B2B:

Site

O site deve ser o centro de toda a sua estratégia de marketing, por mais que possa significar um investimento inicial maior. É nele que você irá apresentar o seu negócio de forma profissional e concentrar todo o seu esforço de SEO (Search Engine Optimization) para que seja encontrado por potenciais clientes no Google e outros mecanismos de busca.

Além disso, com um site bem desenvolvido, é possível utilizar uma série de ferramentas de análise de marketing, capazes de gerar dados importantes para entender o seu público e gerar insights sobre como alcançá-lo sempre de forma mais otimizada.

Caso a sua empresa não possua um bom site (ou ele esteja desatualizado), procure um parceiro com experiência nesta área para colocá-lo no ar.

Blog

Ao investir em um bom site, abre-se caminho para a utilização de outro canal muito importante associado a ele: o blog de sua empresa. Por meio da produção de conteúdo de qualidade, é possível impulsionar significativamente os resultados de sua estratégia de marketing digital.

Se ainda tem dúvidas sobre a efetividade de um blog corporativo, basta saber que investir em Marketing de Conteúdo traz 2,2 vezes mais visitas e 3,2 vezes mais leads para as empresas que o adotam, segundo a pesquisa Content Trends, 2017, da Rock Content.

Esta é uma estratégia com resultados de médio e longo prazo, mas, ao focar nas palavras-chave relevantes para o seu negócio e ao produzir artigos realmente valiosos para o seu potencial cliente, certamente os leads virão com um custo significativamente mais baixo do que de outras fontes, como equipe interna de vendas ou campanhas de mídia paga.

Landing Page

Uma landing page é uma página utilizada para captar cadastros, de forma bastante amigável para o usuário. Provavelmente, você já tenha se deparado com algumas delas em sua própria experiência como consumidor, seja para demonstrar interesse em um produto ou serviço, seja para fazer donwload de algum material.

De fato, este preenchimento de formulário é importante para qualquer negócio, pois possibilita o início de uma estratégia de Inbound Marketing e gera uma base de contatos relevantes e interessados em seu produto ou serviço – seja a curto ou médio prazo.

Nossa recomendação é que, periodicamente, associe algum de seus conteúdos a uma landing page, além de ter uma dessas páginas para divulgar cada uma de suas soluções. Desta forma, todo o processo de geração de leads pode ficar ainda mais otimizado.

E-mail marketing

Depois de captar os contatos que visitam o seu site ou as suas redes sociais por meio de formulários e landing pages, o melhor caminho é nutri-los com conteúdo para que avancem em seu funil com maior rapidez e menor perda. Fazer uma boa nutrição destes leads por meio de automação de e-mail marketing é uma estratégia de marketing digital efetiva e que permite monitorar a atividade de cada um destes contatos até a sua conversão.

Por meio de ferramentas como o RD Station, você gerencia listas de e-mails e réguas de comunicação que automatizam o envio das mensagens de e-mail. É possível criar diferentes modelos de comunicação, de acordo com a origem do lead, a sua interação em seu site e as suas informações pessoais, como cargo, empresa e setor.

Quanto ao conteúdo dos e-mails, ele deve ser informativo e, preferencialmente, o mais personalizado possível, considerando as últimas ações do lead em relação à sua empresa – que podem ser desenhadas e atualizadas continuamente em sua ferramenta de automação.

Outras redes sociais

É claro, você também não deve se esquecer que o Facebook não é a única rede social apreciada pelo mercado brasileiro. Dependendo do perfil de seu negócio, redes como LinkedIn, Instagram ou Pinterest podem ser inclusive mais valiosas para atingir os seus resultados.

No mercado B2B, particularmente, o LinkedIn tem crescido em importância, com possibilidade de alcançar usuários bastante qualificados por meio das ferramentas de vendas ou de publicidade. Além disso, mesmo sem investir nessas soluções, é possível iniciar sua estratégia de social selling (vendas por meio de redes sociais) ou marketing de conteúdo com bons resultados!

Seja dono de sua estratégia de Marketing

Quando falamos em avançar em sua estratégia de Marketing Digital para ir além do Facebook (ou qualquer outro dos canais mais utilizados no mercado), falamos também em um ponto muito importante: tornar a sua empresa dona de sua própria estratégia.

Temos visto, ao longo dos anos, negócios perderem boa parte de seus resultados e de seus esforços por focarem unicamente em uma ferramenta ou canal, que pode mudar o seu algoritmo e entregar o conteúdo com menos alcance – ou, até mesmo, deixar de existir, como aconteceu com o Orkut há menos de uma década.

Por esta razão, não deixe de diversificar as suas ações e, principalmente, de construir os seus canais próprios, que dependem menos das movimentações de empresas privadas como o Facebook. Investir em um bom site é básico neste sentido. Além do mais, não se pode esquecer de que em Marketing Digital as tendências estão mudando cada vez mais rapidamente devido a novas tecnologias como inteligência artificial e robotização. Portanto, manter o olhar bastante atento para o que pode ser um risco ou uma oportunidade nestes próximos tempos, com certeza, irá ajudar a se manter relevante no mercado.