Como criar
landing pages:
4 ferramentas
simples

Como criar landing pages: 4 ferramentas simples

A landing page (ou página de aterrissagem) é um recurso bastante utilizado para promover uma determinada oferta online.
Por meio dela, você atrai mais consumidores para conhecerem os seus serviços e pode ter altas taxas de conversão!
Se você ainda não sabe como criar landing pages, neste post apresentamos um guia completo com os itens obrigatórios e mais 4 ferramentas para fazer páginas que convertem de uma forma bem simples! Acompanhe os próximos tópicos e prepare-se para montar a sua!

O que não pode faltar numa landing page 

1. Título atrativo

O título (ou headline) deve demonstrar claramente o benefício da sua oferta, pois essa é a primeira coisa — e, talvez, a única — que o visitante irá ver em sua landing page. 

Portanto, o leitor deve saber o que ele ganhará já na primeira frase do texto, do contrário, ele não continuará a leitura.

Para se ter uma ideia da importância deste item, segundo uma pesquisa realizada pelo site Copyblogger, especializado em copywriting, de cada 10 pessoas que acessam uma página na web, 8 lêem somente o título.

O que significa que se você não trabalhar muito bem o seu headline, todo o seu conteúdo será perdido. 

Confira algumas dicas para criar títulos mais efetivos:

  • Objetividade e concisão: como já foi dito, um bom título deve deixar claro o que você está oferecendo e os benefícios que sua persona terá ao aceitar.

Além disso, ele tem de ser curto — até 60 caracteres, para que apareça completo nas páginas de busca.

  • Crie a sensação de urgência ou escassez

Expressões como : “veja agora”, disponível por tempo limitado”, “oportunidade imperdível”, entre outras, devem ser utilizadas para despertar a urgência ou necessidade de saber mais sobre o assunto. 

  • Demonstre a utilidade do que você está apresentando

Para isso, pense no maior problema da sua persona e como seu produto pode ajudá-lo a resolver.

Essas são algumas dicas para criar títulos mais atraentes. Mas não se preocupe em fechá-lo antes de escrever todo o conteúdo, pois ele será a base para um bom headline.

Então, vamos saber agora como construir o texto perfeito para sua página de vendas.

2. Corpo do texto

Todas as características que falamos acima também devem ser aplicadas ao longo do seu conteúdo, já que você precisa prender a atenção do leitor até a última frase.

Porém, a landing page possui uma estrutura própria, que deve ser seguida:  

  • Descrição da oferta

É  preciso descrever muito bem o produto e a sua proposta de valor, destacando os pontos mais importantes, eliminando as principais dúvidas e dizendo o que o consumidor pode esperar ao adquirí-lo.

Preste muita atenção ao tamanho do texto e à extensão das frases, que devem ser curtas, pois o leitor precisa ser capaz de compreender a sua ideia em poucos minutos. Para isso, utilizamos alguns truques: 

  • Itens em tópicos (bullet points);
  • Destaque de alguns dos benefícios mais importantes (limite-se a cinco, no máximo);
  • Aplicação de recursos gráficos, como o negrito, para ressaltar as palavras-chave da sua oferta.
  • Não se prenda muito às informações técnicas de um produto, mas sim ao que ele pode fazer pelo comprador. Lembre-se que o foco são os benefícios, não as funcionalidades.
  • Não utilize hiperlinks ou menus, pois eles colaboram para desviar a atenção do visitante e acabam impedindo que ele chegue ao objetivo final, que é a conversão.

3. Formulário

O formulário  de captura é um dos elementos principais de uma landing page, já que é por meio dele que você vai solicitar as informações de contato da pessoa, para que ela se torne um lead e entre em  seu funil de vendas.

É a partir daí que a mágica da conversão acontece!

Ao montá-lo, atente-se à quantidade e ao tipo de informações solicitadas, para não provocar o efeito inverso e afugentar o seu lead. 

Peça apenas os dados que forem necessários para o cadastro em sua lista de e-mail ou na base de clientes (geralmente, o e-mail e um telefone já são suficientes).

4. Conteúdos visuais 

Vídeos e imagens ajudam a enriquecer sua página de vendas, fazendo com que o leitor assimile as informações mais rapidamente e guiando-o ao call-to-action, que é a última etapa antes da conversão. Portanto, não deixe de usá-los para demonstrar as vantagens da sua oferta.

Outros recursos que costumam dar resultado são setas e caixas de texto, que direcionam o olhar para o que precisa ser visto e destacam os trechos mais relevantes.

5. Provas sociais 

São depoimentos de pessoas que já compraram o produto ou serviço. Elas servem para fortalecer os argumentos do empreendedor e comprovar que o que ele está dizendo é verdade.

Esta é a melhor arma de persuasão que você pode ter, porque quanto mais pessoas disserem que o seu produto realmente cumpre o que promete, maiores as chances de você ganhar novos clientes! 

6. Call-to-action (CTA)

Chegamos ao ponto crucial. Se o visitante visualizou o call-to-action, pode acreditar que ele se interessou pelo que viu. 

A esta altura, falta apenas um clique para que ele se torne seu lead ou cliente! 

Assim como a primeira, a última frase que será lida antes da conversão deve priorizar a objetividade, o senso de urgência, os benefícios e a necessidade.

E deve ter, também, um botão, que nada mais é do que uma caixa de texto onde o cliente vai clicar. Já a mensagem do CTA deve ser explícita, indicando exatamente o que o lead deve fazer.

Veja alguns exemplos. 

  • Quero adquirir agora o produto x 
  • Baixe gratuitamente nosso e-book exclusivo e saiba como obter melhores resultados em marketing digital!
  • Esta promoção é por tempo limitado! Faltam apenas X horas para acabar (com um relógio para contagem regressiva, que aciona o gatilho da emergência).

7. Página de agradecimento

A página de agradecimento é o que vem depois do preenchimento e do envio de um formulário. 

O objetivo, como o próprio nome diz, é agradecer ao lead pela ação realizada, passar informações sobre o recebimento do produto ou de como os seus dados serão utilizados pela sua empresa. 

Além disso, você também pode aproveitar esse espaço para apresentar outras ofertas e direcionar o cliente a uma nova conversão.

Design da landing page

Pense que todos os itens devem ser reunidos em uma única página. Parece muita informação para pouco espaço, e é por isso que o design merece uma atenção especial. 

Conheça algumas maneiras de deixar seu conteúdo mais organizado e atraente.

  • Divida-o em blocos

 É possível criar áreas específicas para cada tipo de conteúdo. Texto, imagens, depoimentos, formulário etc.

  • Use as cores 

É comprovado que elas possuem grande influência na psicologia humana, especialmente no que se refere às atitudes de compra. 

Se você já tem uma identidade visual para sua empresa, a ideia é seguir a mesma paleta de cores. 

Mas, na área do CTA, é permitido ousar um pouco mais: aposte em tons fortes para dar destaque à ação. 

Por exemplo: se você está usando um fundo branco em sua página, convém colocar o vermelho no botão do CTA, pois a intenção é que ele ganhe contraste em relação aos demais elementos.

O tamanho é outro aspecto importante: não pode ser muito pequeno, nem grande demais.

Faça você mesmo: saiba como criar landing pages em poucos minutos!

Agora que você já conhece toda a estrutura de uma landing page, é hora de botar isso em prática. Selecionamos 4 sites onde você pode hospedar e montar a sua de forma fácil, rápida e com um visual profissional, mesmo não tendo nenhum conhecimento em programação. Vamos ver?

4 ferramentas práticas e rápidas para criar a sua landing page

1. Instapage

Com um editor drag-and-drop (arraste e solte), qualquer um pode montar uma página no Instapage, basta escolher o modelo e ir posicionando os elementos.

São mais de 70 variações customizáveis, separadas por categorias de acordo com o objetivo da landing page, como venda final ou geração de leads. Outra vantagem é a integração com o Google Analytics — imprescindível para avaliar os resultados. 

A ferramenta oferece 14 dias de teste gratuito. Após esse período, o plano mais básico custa $ 99/mês.

2. Unbounce

Este criador de sites tem o mesmo esquema do Instapage, com drag and drop e customização. Além disso, conta com um design responsivo, ou seja, adaptável a todos os dispositivos, possibilidade de realizar testes A/B, entre outros recursos.

Também oferece apenas 14 dias de teste gratuito, com planos a partir de $ 79 mensais. 

3. Launchrock

Caso você realmente não tenha grana para investir no momento, o LaunchRock é totalmente grátis, com integração com o Google Analytics e redes sociais (recursos vistos apenas nas plataformas pagas). 

E se você quiser customização de domínio, o plano profissional  sai por apenas $ 5 por mês.

A desvantagem, no entanto, é que ele exige algum conhecimento de programação.

4. I’m Creator

O I’m Creator é a opção mais completa entre as gratuitas, pois apresenta uma enorme variedade de templates prontos para usar, separados por categorias. Assim, é só selecionar o mais adequado ao seu negócio! 

Além disso, disponibiliza hospedagem ilimitada, domínio próprio, plataforma para e-commerce, design responsivo, otimização para SEO e muito mais. 

Agora é com você! Analise bem as alternativas e escolha a melhor para construir o seu site! Lembrando que, por mais que pareça fácil, criar uma página de vendas demanda algum tempo e conhecimento técnico.

Então, se você quer ter uma landing page que realmente traga resultados para sua empresa, entre em contato com a Fusão Online! Temos profissionais especializados em criar páginas para atração e conversão de novos clientes.