O que é copywriting?

copywriting

O que é copywriting?

A arte de determinar pelas palavras o compromisso que um leitor pode assumir com uma marca ou empresa é sutil e de realização complexa. 

Daí, a necessidade de ter um profissional que direcione seus estudos especificamente para isso. Assim, nasceu a função do copywriter, o produtor de conteúdo especializado em transformar cada bloco de texto num ponto de venda recheado de conteúdo de valor.

Para atingir um objetivo, cada palavra é pensada na estrutura que forma o que todo bom copywriter espera: criar impacto através da informação.

Se esta premissa faz muito sentido para você, continue acompanhando a leitura!

O que é copywriting?

Copywriting é uma estratégia de produção de conteúdo totalmente direcionada à conversão. Ela é baseada na criação de textos que têm como objetivo orientar o leitor até a tomada de decisão, no caso de estratégias de marketing ou publicitários, na compra de um produto ou contratação de um serviço.

Em geral, composto de uma produção realmente massiva, o que, na verdade, até esclarece o termo “copy”, os conteúdos se assemelham muito nos temas que direcionam o leitor e o informam sobre um mesmo assunto.

Entretanto, não confunda a produção dos materiais de copywriters com meras alusões à ideia de outras pessoas. O maior causador de impacto da técnica é a originalidade.

Cada conteúdo é singular, único e exclusivo, com foco nas características específicas e previamente definidas de quem se espera converter, em outras palavras, o público-alvo.

Ao chegar até aqui, você já deve ter percebido que copywriters não produzem textos comuns. Além de serem bem estruturados, eles ainda visam toda uma campanha de conversão e ideais predeterminados em sua produção.

Muito diferentes de notícias, que têm como objetivo informar de modo coeso, a especialidade do copywriter se dá por meio da valorização do conteúdo unido à obtenção de metas.

A produção será de valia a quem lê, esclarecerá a dúvida que levou a pessoa até ali, certamente, mas, também terá a função de resolver o problema que a trouxe à busca de modo completo: seu produto ou serviço.

Como já dissemos anteriormente, esta preocupação está em cada palavra escrita, de forma a transformar o produto de venda por trás do texto num item de consumo completamente necessário à pessoa que foi atraída até ele.

Diferentemente de qualquer outra modalidade de escrita, o objetivo do copywriter é provocar uma reação imediata ao conteúdo, além de informar o leitor sobre o tema. Uma questão de utilizar o termo correto na hora adequada.

Uma vez que o texto convença o leitor a clicar em um link, assinar a newsletter ou efetivar uma compra de fato, o conteúdo alcançou a meta.

Qual o impacto do copywriter no marketing digital?

Chegando até aqui, podemos imaginar que você esteja pensando que o conteúdo produzido por um copywriter não seja dos mais simples, certo? Sim, você tem razão.

Contudo, a questão nessa função não difere de qualquer outra profissão: o estudo e a prática levam à execução adequada.

Um erro que não deve ser cometido é pensar que o trabalho não vale a pena. 

Com a adequação de conteúdos para a internet, seu negócio pode deslanchar.

Basta manter em mente a quantidade de pessoas que acessam a rede diariamente para entender que sua marca precisa estar ativa, já que, a de seus concorrentes, com certeza também estarão.

Ter qualquer negócio que não explore o que um copywriter pode produzir, reduz significativamente as perspectivas de negócios, uma vez que você perde a oportunidade de levar pessoas até sua ideia pelo meio mais utilizado para obter informação na atualidade.

Para que você entenda de modo simples, vamos expor um exemplo: se você jogar sem qualquer tipo de incentivo um link ou anúncio a usuários na rede, quais as chances de eles clicarem e efetuarem uma compra tendo acabado de ter o primeiro contato com sua empresa por meio de uma abordagem sem estratégia?

Pequena. Realmente pouco provável.

Até mesmo grandes empresas, com marcas a muito consolidadas, não deixam seus produtos e serviços somente à mercê de vendas diretas.

A publicidade se transformou na era digital e a criação de conteúdos que atraem, nutrem e convertem leads em cada etapa do funil de vendas, é algo que você não pode dispensar. 

Ao contratar copywriters para criar conteúdos exclusivos, informativos e estrategicamente produzidos, você cria um relacionamento com seus clientes muito antes de eles se tornarem um. Antes de qualquer compra, confiarão em você.

Para você entender melhor sobre esta função, que tal separarmos os tipos de escrita que você costuma consumir e determinar quem é quem nos conteúdos da internet? 

A gente explica para você.

Qual a diferença entre redator e copywriter?

A diferença mais importante entre o copywriter e o redator está no modelo da escrita. 

Na web, o redator escreve qualquer tipo de conteúdo informativo, como infográficos, blogposts ou e-books que, apesar de estarem direcionados ao público-alvo nas etapas do funil, não são criados com o intuito de venda realmente.

Por outro lado, o copywriter, ao criar estes mesmos conteúdos, utiliza técnicas de SEO e call to action, com a pegada mais direcionada de levar o leitor a uma ação direta relacionada à marca de seu trabalho. 

Em ambos os casos, boa escrita é fundamental, mas o copywriter foca cada parágrafo nas etapas adequadas do funil de vendas e este é exatamente o tipo de conteúdo que podemos oferecer.

A produção que efetiva vendas em marketing digital é uma especialidade da Fusão Online.

Converse com a nossa equipe e conheça as melhores estratégias de copywriting!